sexta-feira, abril 24, 2009

Das festas as vésperas



Este mês de Abril no Pópulo foi tão pobrezinho em relação aos «Abris» que já aqui deixei na blogosfera no decorrer dos últimos 3 anos...
Mas já expliquei logo no primeiro dia porque é que este ano as coisas se passavam assim. Tinha escrito nos outros anos sempre como se fosse o último Abril que eu passava na blogosfera e a minha imaginação tinha-se esgotado.
Mas hoje é dia 24, amanhã tenciono não escrever nada, de modo que para amanhã venho relembrar aquilo que aqui deixei o ano passado, referente ao despertar desse dia, à manhã que se viveu, à tarde para muitos de nós, a uma outra visão também real, e ao terminar desse dia inesquecível.

Ficam aqui os links para quem me quiser «revisitar».

10 comentários:

King disse...

BOM DIA!!!!

realmente quando falas no ditado «das festas as vésperas» isso aplica-se como uma luva ao nosso 25 de Abril: as «vésperas» interpretando como as expectativas, eram excelentes. A festa foi muito boa. O «arrumar» da casa depois e´que foram elas...

mas acho uma bela ideia relembrares o que escreveste há um ano (e há dois e há três...) mas se calhar vou guardar a leitura - fui lá, olha que fui obediente! - para amanhã ou sobretudo para Domingo que é dia calminho...

AB disse...

Estou muito neura e não vou ver links agora.Depois passo cá.AB

josé palmeiro disse...

Não estou neura, como a AB. Deve ter sido de acordar à pressa. Como eu tenho o tempo todo, vou, durante o dia, passando pelos teus links e deixando as minhas impressões.

kika disse...

Pois , já não sei que dizer!!!

Joaninha disse...

A gente lembra-se Emiéle ( e eu tenho uma memória normalíssima, já agora que falamos nisso!) e eu que te acompanho desde sempre lembro bem estes teus posts que considero excelentes, muito vividos, muito emocionantes.
.......
de facto não podes estar sempre a inventar coisas novas, né?

sem-nick disse...

Amanhã não vais escrever nada, nada, nada?...
Eu ainda cá venho espreitar
:)

Não estou a ver o Pópulo «esquecer» o 25!

josé palmeiro disse...

Cá estou eu, de novo.
Foi com muita satisfação que revi o que tu, eu e os nossos companheiros escreveram naquele dia e pronto, está lá tudo, não vale a pena repetir.
Quanto a hoje, que é o que mais interessa, deixa-me indicar uma coisa, apesar de já o ter feito na "Sesta", mas como foi obra do meu filho, vou-me repetir, passa pelo "Factor_Infra" e vê o texto com que ele nos brinda, sim porque aquilo é um brinde de uma geração que nem ainda era viva em 25 de Abril e que hoje, reflecte como ali está expresso.
Para todos, mais uma vez, que o 25 de Abril se cumpra, o que até hoje ainda não aconteceu, na plenitude.
VIVA O 25 DE ABRIL!!!

Nota: Esta noite, vamos ter por cá a Cristina Branco e as canções do Zeca Afonso, no Teatro Micaelense.

Emiele disse...

«Escrever» propriamente dito, não vou, Sem-nick, mas é claro que o Pópulo vai estar em Festa.
Era o que faltava!!!!

E gosto bem que passem por cá.

Emiele disse...

Zé, eu vou (até deixei o que estava a ler aberto até voltar aqui para deixar uma ajuda)
É que é preciso o link para se chegar ao "Factor_Infra" .
Quando ele escreve aqui identifica-se mas não chegamos ao blog. Chego eu porque me ensinaste o caminho...

Maria disse...

Emiéle, esta é uma visita curta, é só para lhe dizer que sou a "mesma Maria" que também visita e por vezes comenta no blog do José Palmeiro.
Hoje não me vai ser possível dar a devida atenção ao que nos deixou publicado, mas logo que possa, voltarei para compartilhar, talvez,
"O dia da festa".
Boa véspera!
Maria