quarta-feira, outubro 28, 2009

Regresso

Depois de estes dias de 'ausência' relativa volto a minha atenção para aquilo que vulgarmente me costuma interessar.
Dou uma espreitadela aos mails, jornais, blogosfera, esperando que as grandes tragédias da última semana – o anúncio do Pingo Doce, as declarações do nosso Nobel sobre a Bíblia e a opinião da Maitê Proença – estejam alegremente ultrapassadas.
E, por enquanto, o novel governo deve estar no período de graça, pelo que é simpático esperar uns minutos antes de se desatar a malhar nele...
Tudo em paz?... (a expressão lembra-me logo a «pequena aldeia gaulesa» etc, etc...)
Mas, ou é de mim ou os meus olhos só caem em faits-divers:
O padre que foi preso no final da missa por armazenar armas de fogo
Ou então, dizem que começou o julgamento de António Preto mas afinal... foi adiado
A tal senhora, vítima do Polanski, já só quer é que a deixem em paz ainda por cima já foi indemnizada há que anos.
O caso da menina russa que foi devolvida à mãe, só porque era mãe, ainda vai alimentar muitas 1as páginas e indignar muita gente.
Continua a telenovela da vacina da gripá, e os taxistas sentem que têm direito a estar num grupo prioritário. Ora pois, não são menos que os da carris!

Enfim, é melhor fechar os jornais e pensar que se as notícias são estas é porque as notícias (???) são boas (pas de nouvelles, bonnes nouvelles)

23 comentários:

A Senhora disse...

Nossa! Vou ter que voltar aqui depois para ver todos estes links! Acabei de ler o meu jornal enquanto tomava o café da manhã e em nada é parecido com seu! :)))
Vou mandar os meninos para a escola e mais tarde volto.
Que bom vê-la na ativa novamente!

Bom dia! :)

Emiele disse...

Senhora, não vale a pena!!! Os links que deixei era mesmo só para mostrar que não há notícias de jeito! :)
E então para quem está no Brasil...

josé palmeiro disse...

Mesmo em convalescença, não deixaste de enumerar os títulos, que fazem notícia neste, "nosso" cantinho.
Não dá para comentar porque, tudo o que disseste é o espelho da nossa realidade. Acrescento, no entanto, mais uma: Foi à pouco noticiado que hoje era o dia da 3ª idade, pois bem aqui em Loulé, há, numa instituição, uma senhora, de 86 anos, se não estou em erro, que teve alta do hospital, e que, apesar de ter dois filhos. não a visitam nem sabe nada deles. Acresce que a dita senhora, está totalmente indocumentada, sabe-se que viveu em França, porque ela o diz, mas mais nada. Depois, a sua cabecinha, já não está bem, o que ainda dificulta mais as coisas, acrescentando a enorme burocracia que estes casos possuem.
"Assim se faz Portugal, uns vão bem e outros, (muitos), mal.
Continuação das melhoras.

Joaninha disse...

Tens razão. Entre o alarido do anúncio do Pingo Doce, duas das 'notícias' de que falas, mais a importância dada às declarações do Saramago, e outras duas notícias, e rematando com o 'escândalo' da palermice da Maitê e outra notícia dessas o panorama está completo.
.......
Uma pena os Gatos não poderem continuar (pelo menos naquele formato...) porque isto só daria para rir.

Joaninha disse...

...ou para chorar, é claro.
A história que conta o Palmeiro, semelhante a tantas outras, deixa-nos sem resposta. Essa senhora tinha família pelo que ele diz, mas... que dificuldades não terá também? Os filhos, já idosos não estarão por sua vez dependentes dos netos?

Mary disse...

Pois, Emiéle, regressa mas devagarinho.
Como notas nada mudou muito.
E as recaídas não se recomendam.
Cautela!

kika disse...

Tudo isto não passa duma trágico-comédia...nem sabemos se rir ou chorar!! Por mim já me fico pela superficialidade e disto o que me tem irritado mais é a minha RFM no carro, me obrigar a tirar o som,por causa do pingo doce e depois esquecer-me de o repor, e quando dou por mim, estremeço com aquele despertador do trânsito.
Que mais teremos de suportar?
Fico contente por voltares em pleno , mas vem devagarinho...:)

gv disse...

eu, que já saí da minha gripe a semana passada, sinto-me envergonhada por não saber o que é que o pingo doce anunciou. vou ver se resisto a ir informar-me...

sem-nick disse...

GV, o pingo doce anuncia-se a si próprio! E anda para aí uma grande celeuma, a que a Emiéle se refere, porque mete abaixo-assinados e o diabo a quatro. Aqui para nós uma parvoíce! O anúncio é muito grande, mais prolongado do que o costume e canta uma música pirosa. Acho que não merece tanta tinta, (ainda se diz assim?...) mas está tudo empolado porque quem fazia a publicidade do Pingo Doce era uma agência e o contrato passou para outra. Money...

King disse...

Realmente as notícias que se discutem são essas e mainada!
Também o governo só agora tomou posse.
Dêem-lhe tempo!
...
E tu, não aceleres!

Emiele disse...

Boa tarde!
É isso, gv, só falei na palermice do anúncio por, tal como a gracinha da Maitê, ter metido abaixo-assinado. Até parece que não há nada de mais sério para nos preocupar!
A menina russa, parece que tem passado na tv, eu não vi, mas a minha fada-do-lar já me pôs a par de tudo, muito emocionada.

fj disse...

Rebemvinda.Melhoras mesmo

Zorro disse...

Por diversos motivos (nada que ver com o interesse do Pópulo, e tudo a ver com a minha vida pessoal) tenho passado menos por cá.
Vejo que estiveste acanaviada, mas estás a recuperar. Isto tem sido geral! Não conheço família que não tenha alguém de cama, mas creio que sem dar razão aos medos que por aí iam...
Quanto às notícias, de facto bem espremido não deita grande sumo. Mas essa da menina russa, vai ser tão badalada quase como a Maddie. A malta gosta de lágrima.

Zorro disse...

(não quero dizer que não se dê opinião, mas adivinho uma onda nacional de mobilização, o que será demais...)

Anónimo disse...

Essa dos taxistas o Charquinho já tinha chamado a atenção para ela.
Ele há há coisas...

estrela-do-mar disse...

Ups! Costumo assinar estrela-do-mar mas saiu anónimo... Não é grave.
Achei foi graça à coincidência de terem os dois reparado na notícia :p

Emiele disse...

Olá amigos!!
Olha, Estrela, confesso que não tinha lido o nosso Shark, ou teria feito uma referência; mostra que les bons esprits...
Mas vinha chamar a atenção para um belo título. Como muitas vezes critico o modo como alguns jornalistas titulam as suas peças, desta vez queria aplaudir. Vejam o artigo do i:
O crime do padre armado
Esta correcto e tem muita graça.
:)

André M. Palmeiro disse...

Ou talvez nem sequer sejam notícias mas ao invés, "fight divers", como diria Telmo um ilustre lusitano...

VIVA PORTUGAL... enfim...

josé palmeiro disse...

Primeiro, o título, "O Crime do Padre Armado", fabuloso!
Depois o texto, muito bem esgalhado e demonstrativo da personalidade do pároco.
Só não se compreende é a insistência do Bispo, em mantê-lo no activo a não ser que também pertença à "rede".

André M. Palmeiro disse...

Também já li o artigo com título sugestivo; interessante.

Também consta por aí, algures no ciberespaço e fora dele que, em tempos, o "shenhor" padre manteve ligações muito curiosas com a extrema-direita que operava preferencialmente a norte do território (ELP's/MDLP's), uma corja bem dura!
Será!?

cleopatra disse...

olá emiéle. ainda bem que está de volta e a sentir-se melhor.
realmente as novidades jornalisticas não são nada de aplaudir.o anúncio do pingo doce, é uma treta, como aquela fulana, esquisita que assina uma coluna num jornal para se autopromover mais a sua empresa de eventos. o pingo doce, deveria sim, era dar descontos a querm lhe deixa lá o vencimento do mês, mas enfim, a canção apavora.
quanto a história da alexandra a menina russa, é uma miséria. só quem não tenha um pingo de sensatez,é que teria dado a criaça a uma "mãe", que andava sempre embriagada, não trabalhava e não queria saber da criança para nada.
isso não é ser mãe, não é ser nada. e o juíz, deveria bater com a cabeça na parede, e fazer um "MEA CULPA".
quanto ao padre que tem armas guardadas, o que dizer?
não encontro palavras adequadas ao caso.
as vezes o melhor é tentar olhar para o lado, mas não se pode meter a cabeça debaixo da areia, não é?
continuação de melhoras.
uma musiquinha e um livro agradavel.
bj
cleopatra

cleopatra disse...

olá emiéle. ainda bem que está de volta e a sentir-se melhor.
realmente as novidades jornalisticas não são nada de aplaudir.o anúncio do pingo doce, é uma treta, como aquela fulana, esquisita que assina uma coluna num jornal para se autopromover mais a sua empresa de eventos. o pingo doce, deveria sim, era dar descontos a querm lhe deixa lá o vencimento do mês, mas enfim, a canção apavora.
quanto a história da alexandra a menina russa, é uma miséria. só quem não tenha um pingo de sensatez,é que teria dado a criaça a uma "mãe", que andava sempre embriagada, não trabalhava e não queria saber da criança para nada.
isso não é ser mãe, não é ser nada. e o juíz, deveria bater com a cabeça na parede, e fazer um "MEA CULPA".
quanto ao padre que tem armas guardadas, o que dizer?
não encontro palavras adequadas ao caso.
as vezes o melhor é tentar olhar para o lado, mas não se pode meter a cabeça debaixo da areia, não é?
continuação de melhoras.
uma musiquinha e um livro agradavel.
bj
cleopatra

Emiele disse...

Boa Noite a todos!
Começando pela última, Cleópatra até entrou duas vezes :) acontece porque por vezes leva tempo a entrar e a gente impacienta-se. Assim até me aumenta o número de comentários... Eu escolhi estas 3 ou 4 notícias porque até são representativas afinal do que se vai passando: desde o «padre armado» e bem armado pelo que se vê, o julgamento e seu adiamento do homem que a Ferreira Leite achou por bem insistir em manter no Parlamento, e a história da menina que é uma nova versão do caso de Torres Novas e vai dar que falar.
André Palmeiro, não conhecia o "fight divers", e tem bastante graça.
Zorro, já tinha notado a tua ausência e sendo assim estás desculpado. :)
Obrigada a todos pelos votos de melhoras. Não tem sido tão fulminante como gostaria, mas já estive muito pior. E cá vou acreditando que foi a tal gripe para me sentir mais importante :)