terça-feira, outubro 27, 2009

Convalescença

A parte boa da doença é a convalescença.
(atenção, eu disse a parte boa da doença, não quero negar que o melhor mesmo é nem chegar a estar doente…)
Quando acaba a montanha russa de muito frio ou muito calor, quando olhamos para um prato de comida sem repulsa, quando se poisa os pés no chão e ele fica firme, quando se consegue ler um parágrafo inteiro de um livro, quando um dia é mais do que um longo período de sono agitado.

Saborear um verdadeiro dia de convalescença é muito bom.

Não se tem má consciência de não se cumprir as obrigações habituais, porque afinal… ainda se está doente. Toda a justificação.
E 'direito' a exigir miminhos da família e amigos.
Chega a «fada-do-lar» e faz-nos a cama de lavado.
Depois do duche para tirar o sabor azedo que a febre nos deixou, tira-se da gaveta uma nova camisa de noite, a cheirar bem.
A almofada afofada acompanha a curva das costas, onde agora já só se sente uma moinha e não as dores da véspera.
Atiramo-nos para a cama com um suspiro consolado.
Recostamo-nos e pegamos num livro.
Telefone à mão, se nos apetecer conversar.
E o portátil aqui ao lado para espreitar notícias ou escrever este post.
Aaaaaah...
Sabe bem.



25 comentários:

josé palmeiro disse...

..., tantos mimos!!!
Mas é como descreves, se se tiverem esses miminhos, não é?
Folgo por te saber melhor. Assim é que é e, obrigado por este, tão bem disposto, escrito.
Já agora, quantos dias para a convalescença?

elle disse...

para ser perfeito, só falta chover lá fora. :)

Emiele disse...

Olha, elle, chover não vi, mas de manhãzinha estava um nevoeiro do caraças! Agora passou.
Amigo Zé, não fora isto descambar em constipação (já vou no segundo rolo de papel de cozinha só para me assoar...) e estava animada. Mas amanhã ainda não vou sair de casa.

André M. Palmeiro disse...

Muito bem visto! Uma sensação quase indescritível mas que descreves muito bem!

A Senhora disse...

Eita! Que bom que já está melhor! :) E aproveite esse pouco tempo (espero que seja pouco, mesmo), porque nem sempre temos todos estes mimos, não é? ;)

beijocas

Joaninha disse...

Assim até apetece ter estado doente...
:)
Só te digo que 'aproveites'!
Uma sopinha saborosa, um bife tenrinho, um chocolate, porque não...? E o belo do descanso!

sem-nick disse...

Um post íntimo, digamos assim, mas saboroso.
Ficamos a saber notícias passo a passo...
Um abraço.

kika disse...

Quem me dera poder usufruir assim de um convalescença tão saborosa , e tão bem descrita!! Felizarda..:)
É muito bom saber que tudo está a acabar em bem e que afinal não passa quase duma gripe sazonal, embora com tamiflu, não é?
Estou como a elle ,para mim o quadro perfeito seria chover torrencialmente!!

Mary disse...

Achei graça que na tua resposta ao Zé Palmeiro dissesses que vais no segundo «rolo de papel de cozinha»
lol!
Pensando bem, é mais prático do que os lenços de papel...
:)
E dá logo a ideia da força da constipação... ehehehe!!!

méri disse...

Ainda bem que te sentes melhor!

Chover não! O sol ajuda a matar os bichos...

continuação... :)

cleopatra disse...

ah! é precisamente assim que me sinto quando estou a sair de um mal estar. um belo banho, lençois a cheira a lavado. que bom! um pijama que me enlaça, um livro, e por vezes, porque não, uma músiquinha leve e suave.
o aconchego nas almofadas, e uma chávena de chá para ir bebericando, quando apetece.
muito bem descrito, e muito bem entendido. ainda bem que está melhor. e folgo em saber que há pessoas que sentem o que sinto...
faz-me sentir mais normal.
continuação das suas melhoras.
bj.
cleopatra

Emiele disse...

Obrigada a todos!
... isto vai. Não tão depressa como eu gostava, mas vai!
Olá Méri! A tua opinião neste caso é de ouro. Mas percebo que a ideia da chuva era mais 'psicológica', aqui por Lisboa digamos que está assim-assim :)
Cleopatra, :) ainda bem que soube transmitir o que também sentes, nestas ocasiões. Só que afinal isto é o «bom do mau», o melhor é ficar sempre de saúde...
André Palmeiro, voltaste a aparecer... Ainda bem.
Olha Senhora, os tais miminhos a gente pelo menos deseja-os, e mesmo que não seja exactamente como se quer alguns vão aparecendo. Até esta visita do outro lado do Atlântico também é um mimo :)

Emiele disse...

Ainda me faltou responder à Mary e Kika.
Sabes Mary, esta dos rolos de cozinha foi até um médico que me deu a ideia. O papel é macio, tem imensas folhas, e a gente usa uma única vez e deita fora, como aconselham para se fazer nesta gripe. Eu achei boa ideia, mas de facto já vou no 3º rolo!!!
Kika, tive sorte da fada do lar ser impecável. Também já é quase da família, e às vezes tem um nadinha confiança a mais. E teimosia a mais... Enfim!

King disse...

Olá, olá!!!
Só uma coisa, a imagem que se vê quando clicamos em convalescença, é cá de uma preguiça... Quando a vi apeteceu-me logo ir também pata o vale dos lençóis!! :))))

Se querias mimos, jogaste uma boa cartada, que ninguém tos vai negar, né?... Beijinhos e inté!

Maria disse...

Olá Emiéle, ainda bem que a "mazela" já te está a passar e, como todos já disseram, aproveita os mimos que nunca serão de mais...Se me permites, um beijo para ti (eu estou imune...à gripe) e um abraço a todos os "populianos" - voltarei quando estiver mais disponível, já tenho saudades...

Emiele disse...

Olá Maria e King!
(o «andar por aqui» permite responder mais vezes, é claro...)
Já tinha reparado que a Maria tem aparecido aqui menos mas já sabia que a sua vida era isto, com certeza :) Mas aprecio quando a vejo de volta!
'Brigada King! Se a imagem dos lençóis te fez preguiça, nem imaginas aquela que eu tenho... Todos os dias penso que esta-coisa está a chegar ao fim, e amanhã-já-vou-estar-óptima, mas não está a ser tão depressa como eu queria. Que chatice!!!

shark disse...

Não te assoes a papel de cozinha que dás cabo do nariz, amiga.
As melhoras.

Emiele disse...

Boa noite Shark. Obrigada, amigo1
(mas o meu nariz - por fora - não é assim tão sensível... o papel é bem macio) :)

shark disse...

O meu é muito sensível, mas deve ser por andar sempre a metê-lo onde não é chamado...
:)

Emiele disse...

:)
E vai-se a ver, é capaz de ser! Mas aqui no Pópulo convido-te a meter o nariz à vontade, é «sempre chamado» :)))

Saltapocinhas disse...

Xiça!
Até me está a apetecer ficar doente!

Emiele disse...

Ná, ná... Deves é ficar logo convalescente. A parte de estar doente é mesmo má!! :)

Miguel disse...

Super atrasado, mas já vi que estás porreira! Ainda bem :)

Emiele disse...

Ainda não exactamente porreira...
Isto foi forte e fiquei mais abalada do que desejava! Há dores musculares que não há meio de passarem. Mas obrigada por teres passado por aqui, Miguel. Sabe sempre muito bem :)

Miguel disse...

Emiele, exercício físico, massagens e um bafo de eucalipto! Em particular este último, sabe muito, mas mesmo muito bem. As melhoras então :)