segunda-feira, maio 04, 2009

Barómetro



O barómetro serve para medir o tempo, não é? Quero dizer, não é para «medir» o tempo, isso é o relógio que faz, é antes medir ou prever as variações do clima.
Quando leio que um ‘barómetro’ avalia as intenções de voto, prevejo cá para mim que, se calhar, vem aí tempestade.
Bom, assim-assim. Parece que o tal Barómetro/Legislativas anda por aí a fazer umas previsões. Diz-nos que o PS fica aquém da maioria absoluta e/(mas) PSD cresce
Bom, o PSD nas últimas eleições tinha à frente Santana Lopes, ora 29% para Santana não foi assim lá muito mau. Esperariam mais?...Com a Ferreira Leite, o peso-mais-pesado que o PSD desencantou, diz o tal Barómetro que sobe 5 pontos, também não é de se ficar de boca aberta, para um segundo partido...
Vamos ver como sopra o vento e que tal vai a pressão atmosférica.


8 comentários:

zorro disse...

Eu cá sou como o Bocage, fico à espera da última moda.
Estes números não me aquecem nem arrefecem.
Claro que também suspeitava que renovar a «absoluta» só nos sonhos dos socráticos.

Joaninha disse...

Não digo nada de nada.
Cá para mim que às vezes tenho um espírito tortuoso, há 'estudos' ou 'inquéritos' destes que servem exactamente para espevitar o opositor e forçar o voto.
Eu sei lá!

kika disse...

Claro que sim Joaninha,mas tb estou com o Zorro nem me aquece nem me arrefece!!

josé palmeiro disse...

Como, de qualquer maneira, só mudarão as "moscas", fico como o Zorro diz, que o Bocage ficou.

André M. Palmeiro disse...

Esses barómetros caem sempre mais para Outonos e invernos, que de primaveril tem muito pouco a nossa política e os nossos políticos

fj disse...

E não notaste mais nada?!

Emiele disse...

Estás a falar do tempo FJ?

Acho que anda mais calor. Já guardei os cobertores, e tirei as ventoinhas para fora :)

King disse...

Ontem nem comentai aqui mas hoje parti-me a rir com o CDS que amuou:
O porta-voz do CDS-PP, Pedro Mota Soares, anunciou esta segunda-feira que vai apresentar uma queixa junto da Entidade Reguladora da Comunicação Social sobre a última sondagem da Universidade Católica, considerando que «ou há erro ou má-fé» Não há nada pior do que números que vêm contra aquilo que se deseja.
Mas que chatice!!!
Então têm o desplante de dizer que eles estão assim muito por baixo?! Com aquele presidente, ou líder ou lá, o que é que quando fala parece que leva tudo à frente dele...?