terça-feira, dezembro 16, 2008

Carapau

Tem sido a pouco e pouco.
Perde-se o direito a pescar numa zona marítima. Depois noutra. Depois noutra. Perde-se o direito a pescar uma espécie de peixe. Depois outra espécie. Depois outra espécie.

As nossas quotas de pesca têm ido baixando tanto quanto reparo sempre, sempre, sempre...

Nunca vi que aumentassem, nunca.

Agora parece que se trata do carapau. A Comissão Europeia acha que devemos passar a
comer carapau pescado pelos espanhóis
O Ministério chama-se «Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas»

Como essa coisa da Pesca vem já no final do nome, deve ser uma filha enjeitada.
Isto se algum dos «filhos» o é de facto, ou serão todos enteados sem o saber?...


(estes ainda não estão com 'molho à espanhola')


11 comentários:

AB disse...

Às vezes(cada vez mais) apetece-me uma rebelião total a todas as quotas todas as leis todas as normas todas as "boas práticas".Nem sabem como adorei ver aquele grupo de professores da Universidade de Atenas e mais os funcionários da dita a dizer que naquele edificio ninguém entrava porque eles eram pela "democracia "e pela "ordem"e claro( mas isso não disseram)tinham emprego.Lembrei-me logo de duas figuras de há muito, em lados antagónicos:o Délio Santos e o Prof.Lindley Sintra...AB

king disse...

Lá que Bruxelas deu umas massas é verdade, mas está a cobrar bem caro. E é a tal 'bola-de-neve' - quanto mais se pode mais se tem. Os espanhóis têm uma grande frota? Então têm direito a mais! E como pescam mais ganham mais e aumentam a frota. e portanto poderão pescar mais.
E movimento inverso é exactamente igual, em espelho.
Se não se rompe esta coisa maldita estamos completamente feitos!

Emiele disse...

Tens toda a razão King.
É uma bola de neve fatal.

Não vi essa cena em Atenas, mas posso imaginá-la. Claro que é bem mais fácil falar em "democracia "e "ordem" com as costas bem quentes.

Mary disse...

Ai que bom aspecto a foto....
Acho que vou ver se almoço carapaus!

josé palmeiro disse...

Fritos, já eles estão agora, faz como aqui nos Açores, "Molho Vilão", uma alternativa, numa Região onde o carapau que aqui se chama "chicharro", não falta.
A AB, continua a desfiar recordações que nos são caras e representativas, das lutas de classes, das várias classes...
Apoiado também a posição que o King, registou.

Emiele disse...

Mas o «molho vilão» e o «à espanhola» não são muito parecidos? O à espanhola leva colorau, não é?

snowgaze disse...

então o chicharro não eram os carapaus grandes? Se calhar é só na minha zona...

josé palmeiro disse...

Vou ver e depois digo.

sem-nick disse...

Olha snowgaze, eu pensei o mesmo quando ele falou em Chicharro, mas achei que era ignorância de homem, a minha. Sempre pensei que se chamava Chicharro a uma espécie de carapau grande... Mas pensando bem, não deve ser, deve ser uma espécie distinta.
Acho que vou «googlar» (adoro dizer isto!!!) ihihihihi!!!

sem-nick disse...

Snowgaze, encontrei!!!!!
Parece que toda a gente tem razão!
Olha aqui: (e clica para ver tudo, é claro!)
...No Continente português, porém, chamam carapau ao miúdo e ao grado é o que chamam chicharro

josé palmeiro disse...

Sim, por aí pelo continente chama-se chicharro ao carapau grande, mas aqui nos Açores diz-se com ternura "chicharrinhos", aos mais pequeninos.
Já agora, aproveitem e espreitem, na "sesta", os dois molhos.