terça-feira, dezembro 16, 2008

Escândalo

Quando ouvi, imaginei que seria um engano.
Depois, a segunda coisa que me passou pela cabeça foi a dúvida se seriam doidos ou perversos. Mas doidos não são, certamente, o que se passa é que se sentem com a faca e o queijo na mão.

Ouvimos na
Rádio, vemos na Televisão e lemos na Imprensa a mesma história espantosa:
Existem cerca de 200 mil contribuintes a recibos verdes, que não entregaram uma determinada declaração referente aos anos de 1006 e 2007. «A declaração em falta é um anexo da informação contabilística e fiscal cuja obrigação de entrega à DGCI existe desde o ano 2000, mas que, desde 2006, está integrado na Informação Empresarial Simplificada».

Ou seja há algo que parece ter sido criado para ‘simplificar’ a escrita das empresas, mas cujo infeliz, pago por recibo verde, pode não ter entendido o que é exactamente, e assim cai-lhe em cima uma penalização brutal, que pode ser mais de 50% daquilo que muita gente recebe por mês!!!

E, ainda mais: «quem não pagar dentro do prazo estabelecido, em vez dos 124 euros por cada ano, poderá ter de pagar, só de coima, um montante que pode chegar aos 2500 euros».
Isto se contestar e não tiver razão.
E no caso de contestar e ter razão? Receberá uma quantia semelhante para o compensar do susto que apanhou...?...


Existe um blog chamado adequadamente FERVE. F(artos) de E(stes) R(ecibos) VE(rdes)

De facto devem estar a ferver e bem.... É melhor passarem por lá. Está lá tudo.

PS - Já isto estava escrito e reparei numa notícia mais recente :Finanças recuam e anulam multas aos contribuintes a recibos verdes que entreguem declaração em falta
Sempre valeu a pena o escândalo.

12 comentários:

AB disse...

È realmente escandaloso e mais escandalosa foi a entrevista a um tipo qq. das finanças que declarou que não tinham obrigação de informar...São extorcionistas oficiais e estão muito contentes(aliás tb. tem prémios de produtividade).AB

king disse...

Está bem, estão a recuar porque o escândalo foi demais!
Mas tem a sua graça, quando se fala em simplex e diminuir a burocracia, uma pessoa para estar em dia com as suas obrigações ter de fazer declarações trimestrais e ainda anuais!!!
Bolas!
Não será preciso também declarações semanais?! O que fazem a tanto papel?.....

king disse...

Boa, AB!
são mesmo «extorcionistas oficiais» está muito bem apanhado!
Há uns séculos chamavam-se usurários. Espera, isso eram os Bancos. Mas são da mesma família...

Emiele disse...

Recuaram um pouco, porque o escândalo era demasiado do que o lucro que iam ter. Não esquecer que 2009 está aí, e as eleições também.
Os 200 mil que eram agora penalizados, deviam multiplicar-se pelas famílias (portanto vezes 3 ou 4) e ainda iam ser muitos votos que iam ao ar...

Mary disse...

Isto de ir «marrar» contra quem recebe a recibo verde é de uma maldade e cobardia sem nome!!!!
Ou estariam a pensar nos «recibos verdes» das profissões liberais?
Não creio, que esses têm contabilistas!
Mas como ali dizes, essa multa exorbitante ia apanhar quem não chega a ganhar o dobro disso.
Filhos da.......

josé palmeiro disse...

Post a ler com a atenção que, neste momento, não lhe posso prestar, vou ter de interromper, pois tenho que sair. Até mais logo.

josé palmeiro disse...

Dizia eu que só iria voltar mais tarde, no entanto, o viver nas Ilhas tem destas coisas, já estava pronto para sair, toca o telefone, do outro lado da linha uma voz, simpática, confirma a minha identidade e, depois de pedir desculpa, diz-me: "Sr. Palmeiro o navio S. Gabriel, não chegou esta manhã, vamos ter que aguradar para a tarde. O Sr. não se importa?". Como me havia eu de importar, não me saberão dizer?
Bom, mas quanto aos Recibos Verdes, estava também com problemas por causa do meu filho e agora vou ver se me inteiro, por inteiro, destas medidas, para saber o que fazer.
Serviço Público, mais uma vez!

Emiele disse...

Essa tem piada.
Claro que o senhor foi delicado, mas o que faria se lhe respondesses «Importo-me sim! Chame já o navio ou eu....!!!!»
Eheheheh!!!
Quanto ao teu filho já o sabe de certeza, e eles agora acabaram por voltar um pouco atrás e ele tem até meados de Janeiro para entregar o tal documento.

fj disse...

Pois já recuaram, tática deste governo de frequente utilização.Ontem vi como alguns funcionários ajudavam contribuintes a protestarem. Abençoados.Foi em certo serviço de finanças,antes de se ter a certeza do "recuo"(?).

sem-nick disse...

Viva o Fj que está de volta! (até rima e tudo!!!)
A gente habitua-se a ler alguns comentadores e fica com a mania que os «conhece» :)) Quando faltam - a AB durante uns tempos e depois o FJ - a gente 'marca falta'

Esse depoimento assim realista é formidável! Aliás o tal blog que a Emiéle cita, o FERVE (nome/sigla bem giro!) já tinha mostrado umas 'minutas de reclamação'.

kika disse...

Eles agora passam a vida a recuar, tanto vão recuar que podem cair e eu nao vou estar lá para os apanhar

Emiele disse...

Sem-nick, o FJ esteve sem pc durante muito tempo, por isso é que cá não vinha. Mas a gente sentia a falta, sim senhor!
E olha que a AB também vai de abalada este sábado 20 e só deve voltar para o ano. Vamos ter de passar sem as observações dela, o que é uma pena!

Kika - não penses que caiam, rapariga. Aquilo são feitos da matéria dos «sempre-em-pé»