sábado, agosto 29, 2009

Boas Notícias

Não será uma «Boa Notícia» assim espantosa, mas devo considerar Boa Notícia, digna de figurar aqui nesta rubrica:
O Plano Regional de Vacinação, nos Açores, vai incluir uma vacina para crianças até aos dois anos contra alguns tipos de meningite, pneumonia e septicemia

Claro que é para alguns tipos dessas doenças, seria complicado abranger tudo, mas na minha opinião tudo o que seja Prevenção é de aplaudir.
E a vacinação é das prevenções mais simples.
A mortalidade infantil desceu dos níveis assustadores que tinha há 100 anos por causa das vacinas. E sabemos agora que nos Açores, os meninos mais pobres, aqueles cujos pais não tinham dinheiro para esta prevenção estarão protegidos.
Boa Notícia.


13 comentários:

josé palmeiro disse...

Sem dúvida que é uma "BOA NOTÌCIA"!
Nós que andamos por aqui, às vezes nem ligamos a estes importantes passos que se dão, mas eu, que sou um utente dos serviços de saúde, tenho uma boa impressão generalizada, sobre os cuidados de saúde, isto, apesar da descontinuídade do território, oferecer maiores dificuldades na sua efectivação e de, os meios estarem mais concentrados, nas Ilhas de maior dimensão, o que até tem a sua lógica.

zorro disse...

A verdade é que já estamos tão habituados às vacinas, sobretudo as infantis, que se deixa passar estas coisas.
Realmente, na minha opinião, o que se devia investir a sério, era exactamente na prevenção. Anda tudo alvoroçado com a tal vacina da gripe A que nos esquecemos de que há outras terríveis doenças que (também matam e de que modo!) que podiam ser evitadas com vacinas...
Um ponto para os Açores!

zorro disse...

(outro ponto é não ter lá o AJJ!) :)

sem-nick disse...

Por acaso tinha li isto e não parei para pensar.
É claro que é uma Boa Notícia!

King disse...

Escolheste a imagem 'judiciosamente', mulher1
por um lado a vacina da polio (tanto quanto me lembro dos meus putos) é realmente umas gotas na língua; por outro lado é sempre mais suave a imagem do que a 'pica' onde os miúdos se fartam de chorar... Esperta, tu!

Quanto aos Açores, cada vez se torna um lugar mais atraente!!!

sem-nick disse...

Olá, Zé Palmeiro!
Ainda bem que podes confirmar por experiência que esses cuidados de saúde são bons. Andamos sempre tão desconfiados...
É uma lotaria. Eu tenho um Centro de Saúde que é uma porcaria, não consigo ter «médico de família»; a minha irmã, tem um excelente, e gosta imenso da sua médica, atenciosa e competente. São coisas!

A Senhora disse...

Aqui ainda precisa-se fazer campanhas de vacinação, quer da polio, meningite, hepatite... Mesmo assim, o número de mortos pela meningite é muito alto. Já a polio foi erradicadda.
Mas é um país grande demais, existe um esforço para que se chegue aos sertões, entretanto, a resistência é familiar.
Falta de informação faz uma diferença muito grande...

bom final de semana! :)

bjs

estrela-do-mar disse...

A Emiéle é mesmo boa pessoa, como diria aqui a Senhora «alto astral»!
É que esta rubrica de deixar aqui uma boa notícia para o nosso fim-de-semana é muito, muito simpática!
Andamos sempre a ver tudo pela negativa, ao menos ao sábado algo que nos faça sorrir...
'Brigada, Emiéle.

estrela-do-mar disse...

Fui confirmar ali na rubrica das Boas Notícias - de facto esta é a 11ª, ou seja há mais de 2 meses e meio, que andamos a ouvir uma boa notícia todos os fins-de-semana!
Uma prenda!!!!

fj disse...

Zorro não lhe dês ideias...ZP importante confirmação

Maria disse...

Embora tarde, por motivo imprevisto, não quero deixar de dizer, pelo menos olá à Emiéle que virá logo pela manhã de domingo e agradecer-lhe a boa notícia.
És, mesmo, um "bom carácter", como diria a Senhora - boa pessoa, como disse a estrela-do-mar e isto é muito bom - precisa-se...

Emiele disse...

Pois é Maria, passo por cá de manhã a ver se o «post do dia» entrou bem [às vezes há asares, não foi só uma vez que ao chegar cá isto estava tudo desconfigurado, uma grande confusão] ver o correio, e aproveito para ler o que vocês escreveram. Este ano, com surpresa minha, tenho recebido bastantes visitas/comentadas em Agosto. Não era costume...

Olá Zé, ainda bem que a tua experiência pessoal vai no sentido de que os cuidados de saúde aí são bons. Como dizes a descontinuidade do território não ajuda.
Zorro, pobres de nós, um AJJ já nos chega...
Senhora, manter um país do tamanho do eu com bons cuidados de saúde é um trabalho gigantesco! Mas as vacinas é sempre uma boa prevenção. E existem para quem as possa pagar, pelo menos por cá é o que acontece.
Sem-nick, tens razão. Não se pode generalizar nem para um lado nem para outro. Há Centros de Saúde impecáveis (claro que todos eles são lentos, quem lá vai perde uma parte do dia quando não o dia todo - e mesmo marcando!) e outros que são de fugir!!! E o problema dos médicos de família é muito complicado, porque não apenas há os casos de pessoas que quando se inscreveram não escolheram ninguém e nunca tiveram um para a sua família, como há casos de médicos que se reformaram e nem todos os seus doentes foram reencaminhados bem. Conheço as duas situações.

E, claro, há os casos daqueles que são excelente e os doentes bem atendidos. O que foi médico da minha mãe, era desses. Ela ia ao Centro todos os meses ser observada e acertar medicação e ele tinha sempre tempo para conversar com ela. Muito bom profissional.

josé palmeiro disse...

Estava a estranhar a ausência da Maria, mas agora com este imprevisto que diz ter acontecido, está tudo explicado. De qualquer forma e como era uma das "habitues", da "sesta", também por aí, notei a ausência.
Vamos lá ter força, para passar mais este imprevisto, tá bem?