quarta-feira, julho 22, 2009

Esta noite, eclipse do Sol!

Já viram a pouca sorte?!
Por uma vez que há um grande eclipse total de sol, ele acontece quando em Portugal é
pouco depois das duas e meia da manhã ou seja... de noite!
Um eclipse de Sol à noite é formidável. Não se viu mesmo sol nenhum, só a lua.


Quem tenha interesse está na internet, num site especial.


7 comentários:

Joaninha disse...

olha, este post, tadinho, ficou esquecido.
Não ouvi o telejornal e não sei se falaram no assunto, mas na imprensa não vi grande destaque.
Mas um eclipse total, é algo formidável!!!!

fj , um pouco irritado com essa dos fusos horários disse...

Matéria que me transcende como tudo o que se liga a fusos horários. Problema já do liceu,não se devendo aos maleficios do 25 de Abril, nem, parece, ao 5 de Outubro e não deve ter cura. Porque é que não o podiamos ver de dia, caraças?!EXPLIQUEM_ME, mas sem recorrer ás laranjinhas,por aí nunca lá cheguei.

King disse...

Eheheheheh!!!!!

Boa, FJ!
Realmente é uma descriminação do caraças! Já na passagem do ano, os gajos no Oriente festejam a passagem do ano antes de nós! Tá mal!!! Não há moralidade!!

(esta manhã nem dei por este post; como o outro era grandito, e agora só tens escrito um, nem desci para ver se havia mais...)

Mary disse...

Olá FJ!
Como sempre, escangalho-me a rir contigo!
Oh criatura, a gente não pode é ver o Sol à noite! :))))
E se não vemos o Sol não o podemos ver a desaparecer.
Mas, OK, também concordo que desta vez a culpa não é do 25 de Abril!
:))

Maria disse...

Essa, das "laranjinhas", é muito boa, fj - com laranjas ou sem laranjas, também não sou a pessoa mais entendida para te explicar de forma que fiques esclarecido científicamente... sem laranjinhas:))

josé palmeiro disse...

Falar de "laranjinhas" nesta época, pode levar a outras conjecturas, mas não vou por aí. Pronto o FJ, não entende, não há nada que fazer.
Só o que sei é que lá como cá, as crendices levam as pessoas às mais estranhas situações. Estive a ver imagens da Índia e, não há dúvida, aquela gente só toma banho quando há um eclipse!
Ri-me imenso com uma criança chinesa que dizia que estava com muita pena do Sol ter desaparecido, mas não se preocupava muito, porque depois aparecia, outra vez.

Emiele disse...

O FJ é mesmo assim e pronto!
Creio que o referir o exemplo do modelo vez de maçãs não é inocente. Ai, ai, ai... Juízo!
De qualquer modo esta coisa dos eclipses de sol, lembra-me sempre o «Tintin e o Templo do Sol», um eclipse mesmo a calhar. Quando era pequena aquilo fascinava-me, a sorte do Tintin.