sexta-feira, maio 08, 2009

Bons ventos de mudança!

Primeiro foi nos EUA, a chegada de Obama veio mudar um tanto a posição de oposição radical que os americanos tinham em relação ao controlo daquilo que anda a provocar alterações climáticas.
Agora para surpresa de alguns, é a China que já concorda em alterar a sua postura nessa matéria.
Atenção, não esquecer que «a China, juntamente com os Estados Unidos, é responsável por mais de 40 por cento das emissões anuais de dióxido de carbono do planeta».
Se estes dois gigantes mudassem as suas políticas muitas coisa poderia suceder.

9 comentários:

miguel disse...

Ora aí está uma boa notícia! E a confirmação que a própria China tem sido fustigada pelos males que tem semeado no afã desenfreado rumo ao "desenvolvimento".

Emiele disse...

Olha Miguel, sabes que pensei intitular o post, «quem semeia ventos colhe tempestades» exactamente para sublinhar que a China deve estar a perceber na pele que não se pode desprezar o clima como tem feito,uma vez que a coisa lhe cai em cima como boomerang. Aliás os EUA também, as inundações, os incêndios, devem chamar-lhes a atenção.

Claro que ainda faltam países muito poluentes e grandes como a Índia mas lá chegaremos...

King disse...

Haja Deus!!!!

São mesmo boas notícias. E nestas coisas, o exemplo dos 'grandes' é muito importante.

Joaninha disse...

Vamos a ver.
Ainda não me sinto muito convencida, mas enfim... Cá por mim os chineses não são de fiar. Podem «dizer» uma coisa, mas depois fazerem outra. E nesta forma original de capitalismo que anda por lá, deve valer tudo.

kika disse...

Apaguei o que escrevi porque já tinham dito tudo a começar pela Emiéle no seu comentário.
Os donos do mundo que levem isto a sério, tenho esperança.

fj disse...

Não sei como está agora a china.Lá as coisas mudam muito, e muito rápido.Mas devem ter que fazer um esforço imenso de mudança.Miguel que outra escolha tiveram eles que não o afã pelo desenvolvimento, pelo menos no século passado? Pena o Deng já cá não estar cá, esse gajo era capaz de mudar tudo, como fez reintroduzindo(?) o capitalismo num ápice. E o regime político parece-me causa e consequência disto.Os chineses são de confiar como quaisquer outros,mas estamos tão longe dos problemas deles.

josé palmeiro disse...

Será que desta vez podemos acreditar?
Faço votos para que sim!
De resto estou de acordo, quando o FJ diz o que diz e com a resposta da Emiéle, que completa, bem, o comentário do Miguel.

zorro disse...

Devemos ser optimistas, caramba!!!
A coisa vai, sim senhor!

Maria disse...

Quero ser "optimista", como apelou o Zorro, mas,com noticias de regiões chinesas que obrigam as pessoas a fumar,não sei...