segunda-feira, abril 13, 2009

Sandokan?


Bom, como acabou em bem para o refém, posso já brincar com o caso.
Mas a verdade é que enquanto ouvi contar
uma história de piratas ao largo da Malásia, senti-me a regressar à adolescência, e aos livros de Salgari.
Adolescência? Infância!
Pi-ra-tas!!!
Quando o valente Sandokan, o Tigre da Malásia também se defrontava com terríveis piratas...


Uau!


8 comentários:

zorro disse...

Grande «TIGRE DA MALÁSIA» !!!!!!!!!!!!

Sabes que quando ouvi falar em «piratas» também me deu para sorrir... Claro que um sequestro é terrível, e este dizes que acabou bem mas sempre morrerem pessoas. podemos é dizer que «morreram os maus»....

Será que hoje ainda há algum miúdo que saiba quem era o Sandokan?

Joaninha disse...

Realmente fazer reféns e para ganhar dinheiro, é péssimo, e não tenho nenhuma tolerância....
Mas essa de lhes chamar piratas, sendo correcto, (afinal piratas são os criminosos marítimos) presta-se a graças!!!

josé palmeiro disse...

Que rica capa!!! Fiquei maravilhado.
Ainda tenho a colecção do "Romano Torres", mas esta edição é um luxo, "Art Deco"!
Depois havia o amigo português, não era Zorro?
Tu, também os leste todos

Emiele disse...

Eu sei, Zé Palmeiro. O que a gente recorda é este aspecto não é?
Eu é que quis 'fazer um bonito' com outra imagem!
:)

josé palmeiro disse...

E fizeste muito bem!
Quanto à capa que me mostras, não. ainda era mais antiga, esta é da Verbo e a que eu refiro era do "Romano Torres". Vou ver se encontro e depois digo.

fj disse...

!Que capa caraças!

Didas disse...

Mas o sandokan ganhava sempre!

Emiele disse...

Ganhava contra «os maus»!

FJ, esta capa é mais bonita como disse ao Zé, penso que tu estarias mais na onda das capas «Romano Torres» como ele! mas isto é um blog distinto. heim!