sábado, dezembro 20, 2008

Sossego

Mais um fim-de-semana de perfeito sossego!
Esta é época do ano onde se ouvem mais vezes os votos de «paz e amor» ideias bonitas é claro, mas que nesta altura soam completamente ocas. Um pouco como as lindas bolas vermelhas que enfeitam a Árvore de Natal – cor e brilho muito vistoso mas leves, leves, e quando se partem lá dentro não há nada. Quando se ouvem nestes dias, não lhes consigo reconhecer o valor que de facto têm.

Eu prefiro que me desejem sossego.

E consigo-o. De uma forma geral, é certo. Com alguma organização, a coisa vai: tenho a a casa limpa e enfeitada desde o início do mês, as lembranças que tenho muito prazer em oferecer estão feitas e embrulhadas há que tempos, o menu de Natal – simplificado desde há uns anos – está planeado e os produtos na dispensa ou frigorífico, tudo em ordem para não haver stress.

Porque o sossego, com alegria também é claro! é um bem para mim.
Por isso, como sempre desde que avisei aqui, não estou este fim-de-semana em Lisboa no meio da confusão e da lufa-lufa. Sabe-me muito bem, o sossego e a calma.
(Isto apesar de ter tido uma sexta-feira muito complicada e cansativa mas apenas pela péssima sinalização das nossas estradas; essa história fica para depois, que é comprida)

Hoje é dia de dormir mais, e de preguiçar.

Huuummm.... que bom!

6 comentários:

sem-nick disse...

Não posso dizer o mesmo mas invejo quem consegue sair da confusão da capital nestes dias... Parece tudo doido. Há bastante tempo que não via tanta chapa amolgada como ontem (aquilo era rua sim, rua não!) e com o correspondente engarrafamento.
Bo-las!!!

Joaninha disse...

Também me acontece o mesmo. Quero eu dizer, não é o mesmo de ir «para fóra» mas de ter tudo despachado e sem nenhum stress.
Claro que a imagem que aqui deixaste, é mesmo de grande preguiça; não irei tão longe, há loiça para lavar, camas para fazer essas coisas...
Mas quanto a festas, uff... está tudinho. nem vou mexer uma palha!

king disse...

A preguiça é geral, que isto está muuuito parado.
Quando abro o Pópulo costumo sempre ter 3, 4, 5 em linha comigo.
Hoje tou aqui sozinhito... Snifff...

Mas a semana é «entremeada» como o toucinho, temos uns dias de trabalho, uns de férias, uns de 'tolerância', enfim, estas duas semanas não são para grandes canseiras!

josé palmeiro disse...

Eu, não digo o mesmo, pois apesar da calma que é, viver nos Açores, a presença dos netos, desatina um qualquer, ainda por cima habituados que estão a levantar cedo, hoje, primeira noite, eramseis e meia, sete e meia, aí no rectângulo, já eles estavam de pé. Mas é gratificante, até porque o dia tem 24 horas, e pode-se descansar noutras alturas. Quanto às compras, por cá, há sempre últime hora!
Fujo, no entanto ao bulício dos Centros Comerciais.

king disse...

Claro que quando há crianças (filhos ou no caso do Palmeiro, netos) o descanso nunca pode ser muito...
Mas é um cansaço bem disposto, não é?...
E Emiéle já tem a família crescida pelo que conta e pode dar-se a esse luxo.

Emiele disse...

E é mesmo um luxo, King!
Só venho aqui a ver se a casa está arrumada e deixar umas flores frescas, mas mais nada! Também é certo que ao fim de semana tenho muitíssimo menos visitas. Metade ou nem isso. E agora em período de Festas ainda baixam mais.

A casa pode ficar um pouco na penumbra!