segunda-feira, dezembro 29, 2008

Estrelinhas



Todos os anos a cena se repete.

E todos os anos eu acho graça, como se fosse a primeira vez!....

O que se passa é que nos dias de Natal eu, como toda a gente aliás, decoro a mesa de um modo um pouco diferente. Costuma ser com uma toalha vermelha que aliás é usada durante o ano noutras festividades, e depois para além do «centro de mesa» e algumas velas, costumo espalhar por cima da toalha uma mão cheia de estrelinhas doiradas.
Nada de especial.

Coisa banal. Aquilo compra-se em qualquer loja de enfeites. Mas eu gosto. Fica alegre, festivo, enfim... natalício.
São estrelinhas doiradas, pequenininhas, aí uns dois milímetros talvez, que resulta por serem muitas e atiradas ao acaso, como que sopradas pelo vento.
Claro que quando levanto a mesa, deito fóra a maioria delas. Se há um montinho que esteja ainda impecável, guardo num saquinho para o ano seguinte mas tudo o que está misturado com migalhas ou mais ou menos sujo, deito fóra. Afinal já cumpriram a sua função.
O que é engraçado, e daí estar agora a escrever, é que elas teimam em não ir todas para o lixo e espalham-se que nem os papelinhos do Carnaval.
Encontro nos dias seguintes estrelinhas nas frinchas do sobrado, metidas nos tapetes, salpicando o meu roupão, dentro dos tachos da cozinha, por cima da colcha da minha cama e até dentro dela, e ainda há pouco encontrei mais uma no cabo da minha escova de dentes...

A verdade é que como são muito pequeninas têm tendência a agarrar-se à nossa roupa e, a partir daí, distribuem-se como muito bem entendem...
Apesar de saber que todos os anos ando à caça das estrelinhas nos dias seguintes ao Natal, não posso deixar de sentir como uma metáfora.
Afinal, as estrelas andam por aí.
A questão é saber vê-las.


17 comentários:

king disse...

Essa das estrelinhas como os confetis de Carnaval, tem a sua graça...
Imagino a tua casa!...

E o aspirador não apanha isso tudo?

Mary disse...

Que post engraçado e bem disposto!!!

Oh King, tu tens razão, mas a gente não costuma aspirar os tachos, a colcha da cama ou a escova de dentes...
Ela aí deve catá-las uma a uma, estrelinha a estrelinha, e tem a sua graça...

estrela-do-mar disse...

Eu sou «... do mar» mas gosto muito de estrelas!
e porque não ir encontrando estrelinhas pela casa toda?
E não só! Pelo que dizes, se se agarram `roupa, andas a deixar por aí estrelinhas por essa rua fóra.
BOA!

sem-nick disse...

Mas olha que isso de «ver as estrelas» tem um outro sentido, menos bonito!

lol!!!

OK, a gente sabe que não era nisso que pensavas, e sim mas estrelas que se vêm de longe, brilham e dão esperança. Como a famosa de Belém.

gui disse...

Olá!
:))
Já sei porque aparecem estrelinhas às vezes nas secretárias dos nossos colegas. deve ser uma amiga tua!....
Estende a coisa até ao serviço!

kika disse...

As estrelas sempre têm muita magia e eu sempre gostei de as olhar e sonhar. Nas cidades mal se veem , mas nas aldeias dá para comtempla-las e permanecer ali.. Tenho essas de enfeitar a mesa e ficam lindamente as minhas são de metal muito pequenas e muito bem definidas portanto engolir aquilo não deve ser muito pouco recomendavel, mas como aqui não há crianças.. corro o risco .Mas é verdade que durante uns dias aparecem nos sitios mais inusitados.São lindas...

josé palmeiro disse...

Pelo que contas, são todas "cadentes"!
Mas é engraçada a situação criada, com as estrelinhas, por tudo o que é sítio.

kika disse...

apareceu ali um Não a mais. As estrelinhas não me iluminaram a tempo de eu corrigir...

Emiele disse...

Também és como eu, Kika?...
Mas não é bonito? Eu até estas 'sequelas' acho bonitas! :D
Gui - não devo ser eu no teu serviço, mas, pelos vistos há muita gente que anda a espalhar estrelinhas!!!!

sem-nick disse...

A tua tecnologia ainda não está apurada porque as estrelinhas aqui são de várias cores e deviam ser só doiradas!!
Reclamação!
Qué do livro de reclamações?!

Mas a imagem é gira à brava - estou a imaginar a tua casa com estrelinhas por tudo o que é sítio - das toalhas da casa de banho, às gavetas dos talheres. Tudo estrelado, heim?!

Lindo, pois.

Paula Calixto disse...

A minha metáfora é que meu Natal é todo dia!

Posso destituir de mim o ritual, ou, ao contrário retistuí-lo ainda mais, mas... Respeito o jeito que cada um o trata, sim!

Beijos.

leãozinho disse...

Essas estrelas são restos de um Natal que perdura pela casa fora e que eu espero se prolongue pelo ano fora, transformando os seus 365 dias em dias de felicidade, até que venha um novo Natal com estrelinhas para dourar a vida.

Emiele disse...

Paula e Leãozinho , não vos tinha encontrado por cá.
Espero que voltem e que o Natal (o seu espírito) continue muito tempo.

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Olá minha amiga!!!
Você como sempre me alegra com suas postagens!!!
Você tem o dom da escrita!!! Não me canso de escrever isso!!!
Essas estrelinhas devem dar um trabalho... Eu sou bem sincero, se fosse eu, não as teria... rs
Já chega os pelos que encontro pela casa o ano todo... rs
Bom, provavelmente essa será minha última visita aqui no seu espaço esse ano, então quero desejar a Ti e a todos que aqui sempre estão, um Feliz Ano Novo!!!
Muita Paz, Alegria, Amor, Serenidade, Fartura, Saúde... enfim, tudo que ha de melhor neste mundo.
Muito obrigado por sua alegria e até 2009!!!
obs.: você me inspirou!!! Decidi manter meu antigo blog fazendo o de sempre lá, apenas colocando artigos que encontro na net e nesse aqui do blogspot, assunto pessoais. Vamos ver se consigo!!! rs
Banzai 2009!!!

Saltapocinhas disse...

ahahah
fartei-me de rir ao imaginar a tua casa cheia de estrelinhas!
e fez-me lembrar uma anedota muito engraçada!!

Emiele disse...

Cachorrinho 'brasileiro/nipónico', muito obrigada pelo elogio! Eu creio que este estilo muito coloquial liga bem com aquilo que acho engraçado deixar aqui no blog. Deve ser isso que dizes de um modo simpático.
Salta, olha que eu não inventei, nem sequer exagerei nada!!! Ainda agora ao sair da cama vi duas a brilhar nos chinelos... Claro que nos aguças o apetite ao falar na anedota... Vá lá....Conta! Conta!

Nós, Os Cachorros!!! disse...

Você tem o dom de escrever mesmo!!! rs
Acredito em ti em verdade!!!
Essas estrelinhas devem ser achadas por ti durantes semanas... rs
É como a famosa porpurina no Brasil e mundo...
Aqui às vezes ganho de Natal alguns cartões cheio delas...
Acredite-me, nem os tiro do envelope...
Abro-o. Vejo que tem porpurinas e logo o fecho... rs
Caso contrário, estas irão da mão para a roupa, rosto... etc... rs
Mas, também te entendo, devem ficar lindas por cima da toalha e deve ser bem divertido acha-las rs
Até mais!!!