sexta-feira, outubro 03, 2008

Quando a lata é grande



Vi o título do artigo e pensei que ali havia erro.
Só podia ser. Decidi ver com mais atenção, porque estava com visões.

Não senhor. Tinha visto bem à primeira, de facto dizia lá:

Sócrates critica «irresponsabilidade» de governos que deixaram de investir na área social
Mas que profunda crise de auto-crítica acometeu o nosso Primeiro-Ministro?! Coitadito, apanhou sol na cabeça, ou coisa assim. Só pode!

Na mesma edição do 'Sol' conta-se que
uma mulher de 90 anos vive há 20 anos num velho contentor de 10 metros quadrados, porque recebe 15 euros por mês mas como agora precisaram de construir uma passagem no local onde está o contendor vão-lhe arranjar uma habitação.
Mas é claro que a política social do Engenheiro Sócrates não permite decerto que estas coisas aconteçam.
Acabou agorinha mesmo de tomar posse e, para a semana, isto vai levar uma grande volta, olá se vai! Vai já começar a investir imenso em equipamentos sociais.


Como... anda por cá há 3 anos?

E em 2009 há eleições?

Ah, pois é.



8 comentários:

Miguel disse...

Não sejas assim, ó "valha-me Deus"! O homem não consegue estar me toda a parte ao mesmo tempo!

Emiele disse...

Pois...

:))

A contagem decrescente para as eleições é terrível. Quantos dias faltam?

josé palmeiro disse...

Que estás tu para aí a insinuar?
A senhora, em causa, até vai morar para uma das suas célebres casas, projectadas de forma a acolher pessoas com aquela idade e com as pensões tão baixas, por causa dos outros...

king disse...

Lata?

Lata é pouco.
Ele tem um verdadeiro 'contentor' para condizer com esta notícia!

Mary disse...

Política social, pois então.
Tem sido uma ralação, estes anos todos, nem ele tem pensado noutra coisa.

Joaninha disse...

É de um descaramento que nem se acredita! Se há governo que não se ralou nada de nada com a dita «área social» foi a deste gajo!
Tá parvo ou julga que nós é que estamos...?....

Alex disse...

Se não fosse dramático c_g_va-me a rir!
José é uma graça!

Emiele disse...

É, pois não é?
E leva-se a sério.

Estas operações de 'charme' (???) será que pegam'...