domingo, setembro 28, 2008

Uma música ao Domingo

O interesse deste vídeo nem será tanto a música que mostra.
É que ver e ouvir uma gravação, em estúdio, ao vivo deste grupo, é já 'história' hoje em dia...

Senhoras e senhores aqui temos os Beatles, a gravar «Get Back»:


video



Jo Jo was a man who thought he was a loner
but he knew he couldn't last

Jo Jo left his home in Tucson, Arizona
for some California grass.

Get back, get back, get back to where you once belonged
Get back, get back, get back to where you once belonged
Get back Jo Jo!

Get back, get back, get back to where you once belonged.
Get back, get back, get back to where you once belonged
Get back Jo Jo

Sweet Loretta Martin thought she was a woman
but she was another man.
All the girls around her said she's got it coming
but she gets it while she can.

Get back, get back, get back to where you once belonged.
Get back, get back, get back to where you once belonged.
Get back Loretta!

Get back, get back, get back to where you once belonged.
Get back, get back, get back to where you once belonged.
“Do you want Get back? I want Get back. Get back!”

Get back Loretta,
Your mommy is waiting for you.
Wearing her high hill shoes, and her low neck sweater.
Get Back home Loretta.

Get back, get back, get back to where you once belonged.
Get back, get back, get back to where you once belonged.

4 comentários:

king disse...

Tããããõ novinhos!
Tem piada o ser uma gravação assim. Nem público nem nada.
E a música é bem boa, com aquele sentido de melodia que os tipos tinham.

estrela-do-mar disse...

Já é História !!!!!

josé palmeiro disse...

Sim, Estrela-do-Mar, é história, mas continua actualíssima.
Como diz o King, relativamente ou sentido melódico, como faz todo o sentido!

Emiele disse...

Lembrar a «revolução» que foi chegada dos Beatles, pelo tipo de canções e pelo visual (que era tão censurado na altura pelos cabelos compridos sobretudo!)
Se existissem viagens no tempo, os críticos dos Beatles dessa altura se caíssem hoje ao ouvir algumas músicas muito ouvidas e sobretudo certos 'visuais' deviam pensar que o mundo tinha enlouquecido!

Mas eu acho que ainda hoje muitas daquelas canções são excelentes e com enorme melodia e ritmo.