sábado, janeiro 16, 2010

Boas Notícias

Eu bem me esforço.
Vou tentando durante a semana deitar o olho ou o ouvido a algum assunto que possa ser encardo como qualquer coisa que nos facilite a vida.
Desta vez julguei ter encontrado: A marcação de consultas médicas on-line – depois de uma fase experimental nas administrações regionais de saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo e do Centro - foi oficialmente alargada quinta-feira a todos os centros de saúde do país
Bom, não é?
Já que há dificuldades de deslocação, e quem está doente bem o sabe, poder marcar-se a consulta on-line, é de festejar.
Só deixo uma pequena restrição: é que já depois de ter escrito esta tal «boa notícia» li, (e não consigo agora encontrar o link, que afinal a coisa não estava ainda afinada, e a notícia tinha sido prematura.
Oxalá me engane na segunda parte da notícia....
Ou então 'afinem' o sistema bem depressa.

9 comentários:

josé palmeiro disse...

Acabei, mesmo agora de fazer a minha tentativa. Em vão!!!
Tal como tu, deposito, ainda, alguma esperança de que tudo se consiga resolver a tempo de solicitar os medicamentos que me são necessários, sem ter que me deslocar ao Centro de Saúde da minha área.
De qualquer forma, nesta altura em que boas notícias estão tão longe, foi de louvar o teu esforço.
Bom Fim de Semana!!!

Joaninha disse...

Claro que ao sábado a gente passa por aqui muito mais tarde. Os que passam. Os fieis, Emiéle!
Acho que apesar de tudo é uma notícias boazinha. Mesmo que ainda não esteja «afinada» e como aqui testemunhou o nosso amigo não funcione sempre, a verdade é que vai funcionando e esperamos que com a continuação se limem arestas.
E é uma melhoria, sem dúvida.

kika disse...

Pois já estou a ver as pessoas do Portugal profundo e a empresa Sá Couto a providenciar um teclado com letras enormes para os velhinhos poderem marcar consulta!
Como sempre os luxos são para quem já tem quase tudo ao seu alcance.
Para os outros fecham-se maternidades , escolas etc pois aí os custos não são suportáveis!
De qualquer modo já estamos habituados aos anuncios em vão e esta semana já foram quase inaugurados uns não sei quantos hospitais!!
Compreendo a tua boa vontade e com certeza terás em breve essa benesse, que me parece bem fácil, nem percebo, porque não foi ainda implementada....
Dia muito cinzento por cá e como tal estou em consonância.
Estou farta da chuva!!!

King disse...

Kika, estás mesmo em consonância com a chuva :)
Lá por isso eu também, já ando mais que farto - isto é um tempo que dá para ver porque é que os nórdicos têm mais depressões....

Quanto à notícia, eu creio que apesar de me poder marcar por internet, não é suposto que seja cada utente a fazê-lo da sua casa. isso implicava uma onda de novos «magalhães» para os avós... deve ser feito da farmácia ou de algum local que saiba fazer isso... Parece-me um progresso, apesar de tudo.

A Senhora disse...

Tomara que isto realmente funcione. Mas lembrou-me de uma vez em que fui a um pronto atendimento de uma clínica particular (otorrino e oftalmologia) e fiquei de marcar uma consulta com o médico que me atendeu. Então, saindo,fui à recepcão para isso. E ela: senhora, só por telefone. Eu: Como, assim, por telefone? Eu estou aqui! Ela: eu sei, senhora, mas as consultas só são marcadas por telefone.
Claro, era um outro setor que marcava as consultas, mas por outro lado impedia que quem fosse lá, pessoalmente, marcasse consultas.
Fiquei chocada com o uso "discriminatório" da tecnologia. :)

Beijinhos

sem-nick disse...

Por telefone já se marcam cá. Pelo menos todos os Centro de Saúde que conheço têm esse sistema. A net tem para mim a vantagem de poder ficar registado - se mando um mail e tenho uma resposta imprimo isso e é uma garantia. E não estou tão pessimista como a Kika... Vai devagarinho mas vai...

A história da Senhora é formidável!!! De facto estar no local e mandarem marcar pelo telefone.....????

silvya disse...

Ah! essa notícia passou-me ao lado, mas ainda bem que existe quem nos alerte mesmo que tardiamente, culpa minha, porque hoje é sábado e vim mais tarde, espreitar o blog.
Haja, esperança como se diz, mas estou como a kika, desesperançada...
Quando chegamos a este estado de espirito ou de alma, eu sei lá, o que poderemos esperar?
Na zona onde moro, não tenho sequer médico de família, tão pouco os meus filhos, de modo que fico muito feliz por possuir um sistema de saúde, que atinge os filhos, desde que sejam menores, ou estejam a estudar.
E é por isso e pelo que disse o ZP, que realmente não me sinto convencida.
Mas pode ser, que com o tempo, as coisas passem a funcionar.
Estou como a maioria dos populianos: Triste e angustiada. Só pode ser este tempo horrendo, e as trágicas notícias que teimam a chegar.
Uma boa noite de sábado, com bons filmes.
silvya

fj disse...

calma lá, eu tambem sou fiel devo ter sido o3º a vir aqui, mas não deu para dizer nada... estou seco.

fj disse...

Ah e apoio a 100% sem-nick, a história da senhora é mesmo formidavel ( !ainda não ultrapassaram a herança lusitana!?)?
de qualquer forma acho que temos uma divida com Senhora, se o Haiti foi horroroso, Angra dos Reis tambem, e caladinhos todos, a começar por mim.Estaremos atentos da próxima vez ( não, não é uma brincadeira estúpida com coisas sérias,é que são sempre países pobres os atingidos, embora o Brasil já não se deva comparar,pelo menos em geral, com Hati).