sábado, setembro 26, 2009

Boa iniciativa


Apesar do sábado de ser «o dia das boas notícias» esta não o é exactamente, (mas encontrei uma excelente que vem já a seguir) e até pode parecer publicidade do meu lado.
Mas vem numa enorme onda de saudosismo e tenho de a referir.
O Expresso está a editar uma colecção Clássicos da Humanidade que vou coleccionar custe o que custar.
Alguns desses livros tenho-os há dezenas e dezenas de anos, quando surgiram primeira vez. Tenho até ainda a Eneida com um autógrafo de João de Barros para mim! :)
Fazem parte da minha infância. Dos aspectos dourados da minha infância.
Mas infelizmente a grande maioria dos outros volumes fui-os perdendo.
É uma excelente ocasião para voltar a fazer a colecção. As grandes obras clássicas, «traduzidas» numa linguagem simples mas fazendo lembrar o estilo original, é uma ideia fantástica.
Aconselho a aproveitarem.




(estes são os velhinhos, claro; podem clicar na imagem para verem em grande)

5 comentários:

Maria disse...

Também tenho os dois "velhinhos" e já comecei a adquirir os do expresso, são uma pechincha e graficamente interessantes, só é pena não estarem autografados:))
Nota:
"Os seis volumes, que são ilustrados por André Letria, são adaptados por João de Barros, Aquilino Ribeiro e António Sérgio, numa colecção que fez história e formou gerações: a colecção Clássicos da Humanidade, da editora Sá da Costa."
1. Peregrinação - 19 de Setembro - GRÁTIS
2. Os Lusíadas - 25 de Setembro - 1€ com oferta da Caixa Arquivadora
3. As viagens de Gulliver - 3 de Outubro - 1€
4. Odisseia - 9 de Outubro - 1€
5. História Trágico Marítima - 17 de Outubro - 1€
6. A Eneida - 24 de Outubro - 1€
Preço total da colecção: 5€.

Uma curiosidade, para os mais novos e caso já não saibam - Teresa Teixeira Queiroz de Barros, a mulher de Marcelo Caetano, era filha de João de Barros e este, sogro de Marcelo caetano:))
Um outro filho - Prof. Henrique de Barros - Ministro de Estado, em 1974, membro do Conselho de Estado (Junho 1974-Março 1975), Presidente do Conselho Nacional do Plano e Presidente eleito da Assembleia Constituinte (1975-1976).Para muitos não é novidade, muito menos para a Emiéle que até tem o "livro" autografado, não é para todos, sortuda...:))

sem-nick disse...

Já me tinha chamado a atenção. E os desenhos são muito bons!
Claro que a linguagem, mesmo adaptada, ainda é um pouco difícil para crianças do primeiro ciclo, habituadas a outro tipo de escrita.
Mas os livros são óptimos.

zorro disse...

Não tinha reparado.
de um modo geral os livros que vêm de bónus com os jornais são obras que já tenho e não me costumo interessar. Nem reparei o que era.

Mas tenho uma ideia dessas volumes da Sá da Costa se não estou em erro.

zorro disse...

Sem querer ser negativista, não acredito que interessem muito aos miúdos ou adolescentes de hoje, mas para os mais velhos coleccionarem, até como lembrança, é uma boa iniciativa, de facto.

Emiele disse...

Era uma edição do Sá da Costa, sim Zorro.
Pois é Maria, tive a sorte de ter uns pais e avós que se davam com vários escritores e artistas diversos. Herdei muita coisa e até tenho destas dedicatórias que me enternecem.