quinta-feira, maio 07, 2009

Pensei que era brincadeira


Mas afinal o "melhor emprego do Mundo" existe mesmo!
Há um sujeito que vai viver 6 meses numa ilha lindíssima na Austrália, viver numa casa de três quartos com vista para a Grande Barreira de Coral, e ganhar 83 mil euros... para dar de comer aos peixes, limpar a piscina e "postar" um vídeo por semana num blogue sobre a ilha.
Bom, pelo que entendo, aquilo foi uma espécie de concurso, que os candidatos foram muitos e tiveram de prestar provas (para quê?) mas valeu a pena.
Se ele precisar de uma ajudante, estou às ordens.
(talvez dar de comer aos pássaros?...)



9 comentários:

fj disse...

Krias...

Emiele disse...

'Kria, pois...
Proponho alimentar os passarinhos porque gosto de passarinhos e ainda deve dar menos trabalho, que eles costumam procurar sozinhos a sua comida... E escusavam de me pagar tanto.

miguel disse...

lolololol por acaso, já pensei numa coisa dessas. Tipo, ir para um sítio desses e misturar-me com os locais e viver, durante um determinado período de tempo, da pesca. Claro que antes terei que aprender a pescar... lol Mas experimentar umas Fiji ou algo do género, não seria mesmo nada mau!

King disse...

Mas por aquilo que li, apesar de tudo ele sempre trabalha. Por isso é que teve de mostrar os seus dores atléticos para escaladas e mergulhos, etc.
Claro que é um trabalho giríssimo!

Joaninha disse...

Aaaaaaaaaaaah!
Basta a imagem.


Quem me dera lá!

josé palmeiro disse...

Este, sim é um trabalho!
Aliciante, enérgico, cheio de adernalina e solidão, mas extraordináriamente bem pago.
Não desdenhava ter uma experiência desse género, mesmo agora aos sessenta e três.

kika disse...

O que o Miguel pensa passa muitas vezes pela minha minha mente, mas sou não sou nada aventureira!!!
Pois king ele tem mesmo de trabalhar, mas num ambiente paradisíaco e a ganhar tanto, estou como a Emiéle eu ia por bem menos, fazer qq coisita, olha por exemplo fazer-lhe companhia apesar de não apreciar loirinhos IHIIHI!!!

Emiele disse...

Essa do «fazer companhia» não me tinha ocorrido, Kika! Realmente sempre é algo que de FAZ!
:)

Maria disse...

Eu sempre fui aventureira; tive conhecimento do "concurso" pelos meus filhos,então, era eu a entusiasmar os 2 mais velhos a concorrerem, eles a chamarem-me de maluca e eu a pensar "Deus dá nozes a quem não tem dentes".
(dentes ainda tenho, falta-me o resto...)