quarta-feira, abril 22, 2009

Viva a sesta!

Esta é em honra do meu amigo José Palmeiro.

Ao passar os olhos por algumas notícias da semana passada, uma delas chamou-me a atenção: Dinamarca adopta sestas para motivar trabalhadores
A Dinamarca?!
Estávamos habituados, há dezenas de anos, à imagem trocista e brincalhona do mexicano de chapéu na cara, a fazer a sua sesta. Nos EUA aparecia muito em filmes, quer de índios e cowboys, quer em desenho animado.
E também em países mediterrâneos, sobretudo Espanha, é aceite que se faça uma pausa depois do almoço. Mas sempre se relacionou com o calor, imagino eu.

Coisinha de que não se podem queixar os Dinamarqueses...
Contudo, parece que lá «as sonecas remuneradas são actualmente oferecidas de forma voluntária por mais de 1800 empresas, que, com esta medida, registaram aumentos de rentabilidade e uma redução drástica de enganos, acidentes de trabalho, situações de fadiga e faltas por doença».

E esta, heim?...

11 comentários:

AB disse...

E dormem em conjunto ou em separado?AB

AB disse...

Ah...e oxalá não ressonem porque senão ainda se pode pensar que são os motores da competição em aceleração.(rima mas a poesia é o meu forte)AB

King disse...

Também estranho.

Nos países do norte? Com aqueles dias com pouco sol e noites compridas? o que tenho ouvido vai mesmo no outro sentido - começam a trabalhar cedo, fazem 'jornadas contínuas' e saem também bastante cedo directamente para se aquecer no Pub.
Isto é uma reviravolta!!!

Joaninha disse...

Que a Sesta está reabilitada nem há já dúvidas. Creio que existe uma Sociedade ou coisa assim de que o Mário Soares faz parte e tudo!!!
Mas que estivesse a ser oficializada na Dinamarca é um espanto.

(AB, mesmo em conjunto, 20 minutos não dá para grandes coisas; aquilo é mesmo o passar pelas brasas)

josé palmeiro disse...

Dado que me diz, directamente, respeito, passarei daqui a um pouco para dar a minha opinião.

kika disse...

Principalmente depois dos almoços, pagos pela empresa em várias situações ao longo do ano! Não adianta ir para a secretária.. o que faz falta é mesmo uma sesta.Aprovo!!! ihihih

josé palmeiro disse...

Primeiro - Agradeço a dedicatória, porque sincera e amiga.
Segundo - A "SESTA", para além de fazer bem, sabe bem. Ao frio ou ao calor, pouco importa uns minutinhos de repouso, nunca fizeram mal a ninguém e depois, assim assumido é preferível a estar a "dormir na forma", como é costume acontecer, daí a melhoria dos índices de produtividade e diminuição dos acidentes.
Agora p'rá Joaninha: Sim parece que há uma associação dos "amigos da sesta", mas era melhor que fosse, dos praticantes...
Nota: Como a "sesta", é um direito, não me repugna nada que, Mário Soares a pratique, mas há muito mais gente a fazê-lo.

Emiele disse...

Para ser franca estranhei imenso a notícia. Tal como disse o King, a informação que tenho, de quem vive exactamente na Dinamarca, é de que eles começam o trabalho cedo, praticamente não fazem almoço (à nossa moda) comem qualquer coisa sem ser em restaurante, e depois pelas 4 horas ou coisa assim estão despachados. Muito diferente!
Contudo a notícia fala em «trabalhadores por turnos» e isso pode dar outra perspectiva.

Por cá, como disse o Zé Palmeiro, uma pausa a meio do dia, pode carregar-nos as baterias. Ultimamente reconheço que é verdade. Descontrair mesmo que seja muito pouco tempo, parece que descansámos horas!!!

sem-nick disse...

E agora vinha a calhar! Até aí às 2 e meia, porque não?...
Aaaaah....

Castanha Pilada disse...

Sou a favor!!!

Emiele disse...

OK!
Vamos lançar um movimento?
aqui já há vários clientes.