sábado, dezembro 13, 2008

Muito 'internacionais', mas...

....pessimistas.

«Em Portugal nós dizemos:

- Se há uma dificuldade difícil de ultrapassar... diz que se vê grego;

- Se não consegue compreender qualquer coisa... diz que é chinês;

- Se trabalha de manhã à noite... diz que é um mouro;

- Se vê uma invenção moderna e mais ou menos inútil... diz que é uma americanice;

- Se alguém mexe em coisas que não deve... diz que é como o espanhol;

- Se alguém vive com luxo e ostentação... diz que vive à grande e à francesa;

- Se se faz algo para causar boa impressão aos outros... diz que é só para inglês ver;

- Se alguém regatea o preço de alguma coisa ... diz que é pior que um marroquino;

Mas quando alguma coisa corre mal... diz que é à PORTUGUESA!!! »

(Recebida por FW)

6 comentários:

kika disse...

Afinal não assumimos nada, só cultivamos o pessimismo, que trágico!!!

josé palmeiro disse...

Bem , a Kika já cá passou. Bom dia Kika!
Só podiamos ser nós, os portugueses!!!
Já agora, vi-me "Grego", para tirar o coelho da cartola

Mary disse...

Bem visto!!!
O termo «mais português» é «DESENRASCANÇO» (será assim que se escreve? hesitei entre o ç e o s)

Somos os reis a desenrascar. Fazer mesmo, é que é pior...
Mas o certo é que «desenrascamos» à portuguesa!

king disse...

E não é que a Mary viu bem a coisa???
Tens de emendar o FW
a última linha passa a ser
«Se se inventa uma solução à pressa e a coisa até pega é... desenrascar à portuguesa!»

fj disse...

Nem será bem preciso assumir,bastando
-nos desenrascarmo-nos.E claro, concordo com a achega real.

Emiele disse...

Bem, um abraço especial ao FJ que conseguiu furar a barreira e aparecer!!! Vamos ver se desta vez consegues que o PC te obedeça (salvo seja)

De resto tenho de concordar com esta achega do «desenrascanço»
Pelo que sei até a Wikipédia cita a palavra como um termo «português» LOL!!